sexta-feira, 9 de outubro de 2009

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS


A CRIAÇÃO






REGRINHAS


REGRINHAS

REGRINHAS







regrinhas


quinta-feira, 6 de agosto de 2009

FELIZ DIAS DOS PAIS


PARA OS PAPAIS


A CRIAÇÃO DE DEUS NO PRIMEIRO DIA


NO SEGUNDO DIA


NO TERCEIRO DIA


NO QUARTO DIA


NO QUINTO DIA


NO SEXTO DIA


A CRIAÇÃO DE DEUS


DESENHOS PA RA COLORIR


UMA LINDA BIBLÍA


FELIZ DIA DOS PAIS

sábado, 4 de julho de 2009


nossa célula 511.


sexta-feira, 3 de julho de 2009

ATIVIDADE DO REI SAUL


REI SAUL


quinta-feira, 2 de julho de 2009

quebra-gelo

Amar ao Próximo
César O.(Assembéia de Deus), RS, 2001.
Tema: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Duração: 20 a 30 minutos
Público: adolescentes; mínimo 6 participantes.
Material: lápis e papel


Divida a turma em grupos ou times opostos.
Sugira preparar uma gincana ou concurso, em que cada grupo vai pensar em 5 perguntas e 1 tarefa para o outro grupo
executar.
Deixe cerca de 15 minutos, para que cada grupo prepare as perguntas e tarefas para o outro grupo.
Após este tempo, veja se todos terminaram e diga que na verdade, as tarefas e perguntas serão executadas pelo
mesmo grupo que as preparou.
Observe as reações. Peça que formem um círculo e proponha que conversem sobre:
Se você soubesse que o seu próprio grupo responderia às perguntas, as teria feito mais fáceis?
E a tarefa? Vocês dedicaram tempo a escolher a mais difícil de realizar?
Como isso se parece ou difere do mandamento de Jesus? "Amarás ao teu próximo como a ti mesmo", MT 23.39
Como nos comportamos no nosso dia a dia? Queremos que os outros executem as tarefas difíceis ou procuramos ajudálos?
Encerre com uma oração.
Abra o Olho

Tema: Temos os olhos vendados para a violência?
Duração: 5 minutos
Público: adolescentes; mínimo 5 participantes.

Material: Dois panos para fechar os olhos e dois porretes feitos com jornais enrolados em forma de cacetete.
Dois voluntários devem ter os rostos cobertos e devem receber um porrete de jornal. Depois devem iniciar uma briga de
cegos, para ver quem acerta mais o outro no escuro. O restante do grupo apenas assiste.
Assim que inicia a "briga", o coordenador faz sinal para o grupo não dizer nada e desamarra a venda dos olhos de um
dos voluntários e deixa a briga continuar. Depois de tempo suficiente para que os resultados das duas situações sejam
bem observados, o coordenador retira a venda do outro voluntário e encerra a experiência, abrindo um debate sobre o
que se presenciou no contexto da sociedade atual.
A reação dos participantes pode ser muito variada. Por isso, é conveniente refletir algumas posturas como: indiferença x
indignação; aplaudir o agressor x posicionar-se para defender o indefeso; lavar as mãos x envolver-se e solidarizar-se
com o oprimido, etc.
Alguns questionamentos podem ajudar, primeiro perguntar aos voluntários como se sentiram e o por quê. Depois dar a
palavra aos demais participantes. Qual foi a postura do grupo? Para quem torceram? O que isso tem a ver com nossa
realidade? Quais as cegueiras que enfrentamos hoje? O que significa ter os olhos vendados? Quem estabelece as
regras do jogo da vida social, política e econômica hoje? Como podemos contribuir para tirar as vendas dos olhos
daqueles que não enxergam?
Sugestões de textos: Marcos 10, 46-52; Lucas 10 25 a 37 ou Lucas 24, 13-34.


A OFERTA





LIVRINHO DA ORAÇÃO


AS ESTAÇOES


CONVITE


OVELHINHA PRA MONTAR


LIBERTAÇÃO


MURAL ANIVERSARIANTES


o arrependimento!


terça-feira, 30 de junho de 2009

AGUIA


quarta-feira, 17 de junho de 2009

Os discipulos * coloque o nome de cada discipulo*


Árvore genealógica


Cultinho.Tema: a pesca maravilhosa!



VISITANTES

deixe seu recado!

  ©Template designer adapted by Ana by anA.

Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?